segunda-feira, 8 de setembro de 2008

NOCTURNALS Vol I: BLACK PLANET AND OTHER STORIES.

Não faz muito tempo foi lançada uma edição especial que provavelmente passou despercebida aos leitores habituais de comics do nosso burgo: NOCTURNALS Vol I: BLACK PLANET AND OTHER STORIES. Nocturnals é uma série de enorme qualidade trazida até nós por um dos mais talentosos “one man show” da Industria dos Comics: Daniel Brereton (à esquerda em auto retrato datado de 1989). Escritor, ilustrador, pintor. É um dos últimos e já muito raros artistas completos que subsiste inteiramente pelos comics. Debutou em 1989, acabadinho de sair da Escola de Artes, com a galardoada mini-série “Black Terror” (Eclipse Comics); desde então nunca mais parou. O seu curriculum é invejável e extenso.

O Dan cria, desenha e pinta os seus comics de forma a serem por si só uma obra de arte quase sem paralelo. Cada prancha é transposta para o formato comics com generosas dimensões, o pormenor é meticuloso. É uma mistura de estilos, que por si só, tinha tudo para não funcionar. Ele é pulp, horror, novela Lovecraftiana, western, mistério, crime e eu sei lá mais o quê! Uma plêiade de géneros concatenados numa história que absolutamente nos deixa de boca aberta e olhos arregalados. A cor, o movimento único, os personagens saídos do imaginário colectivo, capturados e depois libertados no aparente caos desta série é só e só incrível. É impossível não concordar que o que parecia impossível de funcionar, afinal funciona…e de que maneira!
Doc Horror e os seus improváveis muchachos são as vedetas desta série. Os personagens habitam a noite do mundo das histórias e existem indetectáveis enquanto as pessoas normais dormem. Neste mundo, os humanos regulares não são expostos ao fantástico. As histórias dão-se ao abrigo da escuridão, fora do alcance da percepção, onde elas de facto pertencem. O autor partilha que o assombrava desde criança tudo o que se passava de noite, fosse algo de tão natural como uma sirene ou um cão a ladrar ao longe. Daí a única excepção ser o elemento criminal que poderá transparecer para o “nosso” mundo, pelo receio da perda do controlo que o herói, Doc Horror, por vezes padece. Mesmo assim, a tenebrosa escuridão é misteriosa e assustadora, e os Nocturnals nestas histórias vivem no mundo deles enquanto nós vivemos no nosso.

Este título limitadíssimo a apenas 23 livros assinados, numerados, em hard leather cover, com a capa pintada à mão pelo autor, é uma das maiores “jóias” dos comics nos últimos anos. Para quem não teve a sorte de conseguir adquirir esta jóia, tem a oportunidade de o adquirir numa outra edição limitada a cerca de 3500 números, também em hardcover e por um muito simpático preço (cerca de $30.00 USD), trazida até nós pela Olympian Publishing. Existes mais duas edições especiais: uma limitada a cerca de 500 números e outra com 1000 números.

10 comentários:

OCP disse...

Não conhecia essa obra, mas tenho a sensação de já ter visto alguns trabalhos desse artista...

Excelente critica como sempre e obrigado por dares a conhecer mais um fantástico livro. :-)

celtic-warrior disse...

Quando vi o nome do post pensei que fosse alguma coisa do Gaiman, visto que há material do Sandman que tem este nome (ou algo parecido).
Mesmo assim gostei muito desta arte e o volume parece ter excelente qualidade.

Bongop disse...

Caramba... depois de me provocares um interesse acima do normal, chego à conclusão, após uma pesquisa, que está tudo "sold out" ! Assim não vale!
Onde é que se vende??

refemdabd disse...

É bem possível. O homem já trabalhou em conhecidissimas séries, para além das dele.

Não estou a associar titulos do Sandman!

Cá vai então: Amazon.com Market place (aconselho a Comics-Now);
http://www.king-cart.com/cgi-bin/cart.cgi (Olympian Publishing); talvez na BDMania ou na Mongorhead ainda haja para lá algum despercebido.

Bongop disse...

Done !
:)

Radjack disse...

Parece ser mais uma coisa para a wishlist!

celtic-warrior disse...

Olá Refém. Aqui vai um off topic:

Soube por um outro blog que tu já tinhas comprado um livro do Conan, que é o The Complete Chronicles (um calhamaço gigante com as primeiras estórias do rapaz). Gostava de saber qual é a qualidade da edição, desde o papel até aos extras e as estórias, pode ser?

Fica bem

refemdabd disse...

De cor, não sei. Quando chegar a casa eu vejo e digo-te. Posso-te adiantar que não é assim um calhamaço tão grande. Não é muito pesado, tem uma capa em cabedal (tipo pele de búfalo) com gravação dourada. As folhas são em papel grosso e meio amarelado (cuidado com o envelhecimento a que este papela está mais sujeito). Tem todas as novelas escritas pelo homem. Depois digo-te mais.

crucios disse...

já conhecia...foi das primeiras bd's que li...e claro é mt bom :)

refemdabd disse...
Este comentário foi removido pelo autor.