quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

FREAKANGELS

Tomei conhecimento desta série pelo DC (blog http://full-of-void.blogspot.com/). Acompanhei-a durante algumas semanas online, onde é publicada gratuitamente pelos seus autores, Warren Ellis (argumento; à esquerda na foto) e Paul Duffield (arte; à direita na foto). Fiquei fã bem depressa e de uma assentada li umas largas semanas da mesma. Os autores propuseram-se a publicar online 6 pranchas por semana; há semanas que fazem gazeta, o que é compreensível, pelo hercúleo trabalho que deve ser para o artista! Decidi interromper a leitura online quando anunciaram que iria ser publicada em papel uma edição hardcover (Avatar Press). Não é vontade de gastar dinheiro – pois a série é de leitura gratuita – mas realmente a qualidade da mesma merece figurar na colecção deste vosso amigo. Também é mais interessante e mais gratificante ler de uma assentada um volume inteiro, especialmente quando a qualidade da edição é grande.

23 years ago, twelve strange children were born in England at exactly the same moment. 6 years ago, the world ended. This is the story of what happened next.

Assim começa a história, na sua primeira prancha. Londres inundada, o Big Ben, a janela com cortinados esfarrapados de um quarto que também já viu melhores dias e KK, uma das crianças prodígios, que já não é uma criança, bem vistas as coisas. KK é contactada telepáticamente por outro prodígio e informada que uma jovem, armada com uma caçadeira, deambula pela rua à procura de outro dos prodígios: a ovelha mais negra deles. Alice, a jovem, depressa se vê embrulhada com estes jovens, e os motivos que a levaram a procurá-los rapidamente adensam a trama. Os prodigiosos agora jovens adultos são tão diferentes uns dos outros que constroem uma riqueza de contrastes, culminando numa história complexa e duradoura num Mundo alterado por acontecimentos de magnitude tal que destruíram o tecido da sociedade até então vigente. Estes jovens, sabe-se, suspeita-se, tiveram um papel incontornável, se não mesmo fatal, nesses apocalípticos acontecimentos. É um dos mistérios a revelar.

A zona de Whitechapel, onde moram os Freakangels, é palco da história neste primeiro volume. Whitechapel habita o imaginário fantástico Londrino há várias gerações, por isso deverá ter tido influência no seu autor (Ellis) para mais uma vez ser cenário de bizarrias. Prolifero escritor, Warren Ellis, confessou já ter escrito centenas de páginas desta história. Também confessou que, apesar de tanta escrita, ainda não viu bem para onde rumará a mesma. No entanto, a premissa nasce da curiosidade e da imaginação de uma hipotética compreensão ou evolução da novela de ficção “The Midwich Cuckoos” na mente de distópicos jovens adultos, culminando na construção de um comic no estilo ficção-catastrófica, aproximando-se do legado do autor da novela atrás referida, John Wyndham. O tema principal da novela “The Midwich Cuckoos” baseia-se na subversão da sociedade por uma força que se infiltra numa das suas mais acarinhadas intervenientes: as crianças. Muito ao contrário da novela de John Wyndham, que foi por isso muito criticada, Ellis decidiu dar uma relevância assaz mais competente às mulheres no seu “Freakangels”. Conotações Retro-Punks ou mesmo atípico steampunk de um futuro próximo não são descabidas de se encontrar no estilo adoptado pelos autores. As influências nipónicas estão também obviamente subjacentes, pois o Paul Duffield é também artista de Animé (ver: History of anime) . A arte é rica em pormenores e embora se possa apontar alguma falta de movimento e velocidade sequencial nalgumas pranchas, esta não é assim tanto notada exactamente pela riqueza do cenário e pela maneira como as sombras e a própria cor (assistida pela Alana Yuen) são aplicadas; o Paul Duffield é, de facto, um grande artista.

Aconselho vivamente a leitura deste magnifico Web-Comic a todos. Ninguém tem desculpas, pois é gratuito, basta irem ao seguinte URL: http://www.freakangels.com/

Boa leitura.

19 comentários:

Bongop disse...

Excelente post!
Já tive esse livro encomendado, a versão capa dura, mas foi tantas vezes adiado que acabei por o "desencomendar"! Agora só o encomendo lá mais para a frente... tenho alguns livros para receber que, em vez de irem chegando um de vez em quando teimam em mandar tudo ao mesmo tempo, e depois a Diabba dá-me com a frigideira...

Radjack disse...

Já tinha ouvido falar, mas nunca o vi à venda.

tenho que ver se procuro no mUndo Fantasma

DC disse...

Ah estou a ver que gostaste refem!:D
É ou não é uma boa leitura? Eu ando a acompanhar tanto online como no papel (que é de longe muito melhor que um manhoso monitor onde não temos a certeza das cores) mas não consigo encontrar o HC assinado. Podes indicar-me um sítio? Já corri tudo e não encontro à venda a não ser na loja oficial da Avatar (que te cobra logo à partida 30 dólares pelos portes independentemente da quantidade de coisas que encomendas).

Kitt disse...

Boa critica tenho que ver se leio, Embora o Ellis as vezes não esta a altura do Hype.

refemdabd disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
refemdabd disse...

Bongop: aconselho-te vivamente a encomenda do mesmo; ou então, para que a Diabba não ponha a uso a frigideira, lê online.

Radjack: lê online, sempre poupas algum, e podes ler mais do que já foi publicado.

DC: Podes crer...fiquei fã! Enviei-te um mail (ignora essa address box sff) com uma excelente compra, apenas por 45 USD. A AVATAR envia por DHL, que é rapidissimo...mas ao total ainda levas com custas de Alfândega(!) (chulos). A qualidade do HC é excelente.

Kitt: vale a pena, clica no link.

Diabba disse...

Ler livros sem ser em papel, sem sentir o cheiro, sem o poder apalpar? (ao livro, ao livro)

Tu não estás bem, isso é que merece frigideiradas!

2 posts com 4 dias de dieferença?? Tu estás bem? Tens febre?

hihihihihi

beijo d'enxofre

refemdabd disse...

Diabba, não leste o post, pois não?!

Diabba disse...

Li, e voltei a lê-lo agora... e???

Cá pra mim tu é que num sabes o que escreveste, vai ler, vai! hihihihihi

OCP disse...

Já guardei o link nos favoritos. :D

Excelente critica somo já me habituaste e obrigado pela apresentação de uma BD que pelo que já li, aparenta ser fantástica. :D

refemdabd disse...

Diabba, 2 vezes?! Será que consigo que a leias mais uma?! hehehe!!! Perguntei-te aquilo porque comecei a ler a história online, mas escrevi que depressa interrompi porque comprei o livro (papel).

OCP, obrigado; para esta ninguém tem desculpas.

Diabba disse...

Grunfff não preciso de ler 3ª vez!

O meu resmungo deveu-se ao facto de recomendares ao Bongop que, para eu não lhe dar com a frigideira, lesse on line, e EU GOSTO DE LIVROS! Qual ler on line qual quê... grunfff grrrr cuspe cuspe

Pelos vistos não só tens que reler o teu texto como deves reler os comentários! hihihihihi

enxofre

Diabba disse...

Ficaste sem pio, não foi?? Pois pois...

pffff fraquinho!

refemdabd disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
refemdabd disse...

Piu! Piu!

Diabba disse...

... tu andas a pedi-las, andas andas... (em ameaça mode)

DC disse...

Olá refem. Obrigado pela indicação para comprar o HC. Vinha só perguntar-te se não existe mesmo outra opção para o comprar. eBay é bem capaz de levar com taxas alfandegárias quando chegar cá tornando o livro mais caro:/
Obrigado pela ajuda
Abraços

PS-Recomendo-te Aestheric Mechanics do Ellis. Pequeno, barato e com uma estória do catano.

refemdabd disse...

Pois, arriscas-te a isso. Tenta o eBay.co.uk.
Já tinha ouvido falar desse: principios do secXX; very Holmes. 48 páginas e baratinho. Já aprendi a confiar em ti, vou ver se o arranjo.
Abraço.

DC disse...

Então refem, para quando mais uma excelente review?
Vinha só dizer-te que tenho para breve uma surpresa "freakangeliana";)
Está atento!